Obra revela como o matemático Alan Turing abriu caminho para a invenção do computador

Lançamento da Editora Novo Conceito conta a história do britânico que, ao desvendar o código dos criptogramas nazistas durante a Segunda Guerra Mundial, permitiu a modernização da era da informática

A decodificação da comunicação nazista durante a Segunda Guerra Mundial foi uma das maiores descobertas do matemático britânico Alan Turing. Além de permitir a vitória dos Aliados, sua máquina calculadora programável foi o primeiro passo para a invenção do computador. É o que conta o escritor David Leavitt no livro O Homem que Sabia Demais – Alan Turing e a Invenção do Computador, lançado pela Editora Novo Conceito.

O título é uma tradução de The Man Who Knew Too Much – Alan Turing and the Invention of the Computer e traz em suas 224 páginas a trajetória desse brilhante matemático da inteligência artificial, que acreditava na incapacidade da mente humana para armazenamento de dados e na necessidade de criação de uma máquina que pudesse realizar esse trabalho.

A idéia de produzir efetivamente essa “máquina computadora” somente se concretizou quando Turing e seus colegas de Bletchley Park construíram aparelhos para quebrar o código Enigma dos nazistas, que abriram as portas para a era dos computadores.

Ao longo de sua trajetória, Turing conviveu com algumas das mentes mais brilhantes do seu tempo, como o matemático húngaro John von Neumann e o filósofo austríaco Ludwig Wittgenstein. Depois da Segunda Guerra, formulou o famoso teste de Turing, que desafia nossas idéias sobre a consciência humana.

No entanto, teve sua carreira interrompida ao ser preso sob acusação de violar as leis anti-homossexuais da Inglaterra. Condenado a um “tratamento” humilhante, que significava uma castração química, Turing cometeu o suicídio aos 42 anos.

O Homem Que Sabia Demais – Alan Turing e a Invenção do Computador
Editora Novo Conceito
Tradução de: Samuel Dirceu
Formato: 16 x 23
Páginas: 224
Preço: R$ 34,90

Sobre o Autor
David Leavitt nasceu em Pittsburgh, na Pensilvânia, e já possui diversas obras publicadas, entre elas novelas, contos e coletâneas históricas. Atualmente ministra aulas de redação criativa na Universidade da Flórida.

Anúncios

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: