Colombiana e brasileiro dividem expo em SP

A colombiana Rosario López Parra, em seu programa Roesler Hotel, e as novas pinturas de BOI, José Carlos Cezar Ferreira 

O Roesler Hotel, programa dedicado ao intercâmbio de arte internacional contemporânea, desta vez ocupará o piso térreo da Galeria Nara Roesler para apresentar a obra de Rosario López Parra,  artista colombiana que participou da última edição da Bienal de Veneza (2007) e recebeu o primeiro prêmio da Bienal de Arte de Bogotá (2000). “Insufflare”, o mais recente projeto de Rosario López Parra, em versão ampliada para esta mostra,  propõe um repensar sobre os conceitos de paisagem e escultura, por meio de uma instalação e registros fotográficos de paisagens, a maioria dos quais realizados na França, onde ela foi artista em residência no Centro de Arte Contemporânea Camac Marnay sur-Seine.

Para Rosario López Parra, que há dez anos vem trabalhando em torno da fotografia e da escultura ao mesmo tempo, a paisagem é um conjunto de forças naturais cujos limites e estruturas tanto naturais, quanto conceituais, podem ser alterados quando relacionados a um objeto tridimensional. Em cada uma das fotografias desta mostra, observa-se uma espécie de manta fina de alumínio no meio de uma paisagem de plano infinito, em formas diferentes devido às forças naturais que existem ali, como a luz, o movimento e a gravidade. A manta de alumínio que atua como uma escultura, vai  tomando forma de maneira aleatória por causa do ar que a empurra e insufla seu interior. 

É assim a forma como a artista refaz o conceito de escultura, “como um espaço de constante mudança, transformação e movimento”, desligando-o do pensar tradicional relacionado ao suporte. Rosario López Parra se vale do meio fotográfico no solo para registrar a versatilidade do meio escultórico, e também para mostrar a monumentalidade, a leveza e a fragilidade do objeto escultórico. Adicionalmente, a artista apresenta uma instalação feita a partir do bio-alumínio, fios de prata e aquecedores, na qual busca recriar, de maneira artificial, as forças que habitam as paisagens.

Com Insufflare – que esteve em 2007 na galeria Casas Riegner, em Bogotá, parceira do projeto Roesler Hotel e, em formato reduzido, no Ateliê da Imagem para comemorar os 12 anos do espaço carioca – Rosario López Parra nos mostra que a paisagem é mais uma infinita extensão do terreno que se contempla, pois a artista deseja tornar visível, por meio do objeto modificado pela paisagem, aquelas forças invisíveis e primordiais que determinam a nossa existência.

Rosario López Parra, que virá a São Paulo para a abertura da exposição, estudou artes plásticas na Universidade dos Andes e fez mestrado em Escultura no Chelsea College of Art and Design, em Londres. Tem participado de várias exposições coletivas tanto locais, quanto internacionais, entre as quais se destaca a VII Bienal de Arte de Bogotá, evento que lhe outorgou o Primeiro Prêmio (2000). Em 2006, a artista foi selecionada pelo consagrado curador Robert Storr para participar da 52 Bienal de Veneza, em 2007.  No Brasil já expôs no Ateliê de Imagem Espaço Cultural, no Rio Janeiro. López Parra, além de ser artista é professora da Faculdade de Artes de Universidade Nacional da Colômbia.

No mesmo dia, será lançado o catálogo que reúne o conjunto dos dez primeiros artistas internacionais que se “hospedaram” no Roesler Hotel, um canal de comunicação e colaboração permanente entre a Galeria Nara Roesler e importantes instituições ligadas à arte contemporânea de todo mundo, criado no final de 2004. A publicação traz textos de Agnaldo Farias e introdução de Daniel Roesler Castro e Silva, diretor da galeria e responsável pelo projeto. 

Já no segundo andar, em seu espaço recém-ampliado, a Galeria Nara Roesler traz a produção recente de BOI, José Carlos Cezar Ferreira (Marília SP, 1944). São oito óleos sobre tela (1,50 x 1,80m) realizados em 2007 e 2008. Boi sempre esteve interessado no que vê através da janela. Por muito tempo seu olhar repousou na natureza da cidade montanhosa de Mauá (RJ), onde morou. Depois que voltou a São Paulo, o artista passou a contemplar o espaço urbano, traduzindo em suas pinturas de poucos traços a sua convivência com a cidade.

No conjunto, segundo Gabriel Borba, estes quadros formam uma família, mas cada pintura guarda características muito particulares. “Sem usar muitas cores e com um repertório de formas muito restrito, Boi alcança uma impactante composição”, afirma o crítico. A nova série, com uma única linguagem geométrica – retângulos monocromáticos –, não deixa de, pela cor, sugerir um céu e, pela profundidade, ensejar à paisagem. Se antes as cores primárias eram mais evidentes em seus trabalhos, nestas oito pinturas o potencial cromático se afirma nas diversas combinações entre o azul e o vermelho, em vigorosa exploração dos harmônicos violetas.

Boi foi aluno da Escola Brasil, aonde chegou a  ensinar ao lado de José Resende e, na década de 80, fez parte da prestigiosa Galeria Subdistrito. Apesar de se destacar no mundo das artes desde a década de 70, quando recebeu prêmios e realizou individuais importantes, como no Masp, em 76, Boi é mais admirado entre os artistas. Esta é a sua terceira individual na Galeria Nara Roesler.

Insufflare – Rosário López Parra
BOI, José Carlos Cezar Ferreira – pinturas recentes
Abertura: 6 de março, das 20 às 23h (para convidados)
Para o público: de 7 de março a 5 de abril de 2008
De segunda a sexta, das 10h às 19h; sábado, das 11h às 15h.
Galeria Nara Roesler
Av. Europa, 655 – São Paulo. Tel./fax: 3063-2344
Site: http://www.nararoesler.com.br / E-mail: galeria@nararoesler.com.br

Anúncios

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: