Kafka em HQ

Um dos mais importantes escritores do século XX volta a ganhar vida nas mãos do quadrinista Peter Kuper. Desista! reúne nove histórias assinadas pelo tcheco Franz Kafka.

São fábulas curtas em que estão presentes todo o absurdo, a dúvida, o vazio e a solidão que se tornaram marcas registradas da obra de Kafka. Mais que uma adaptação literal, Kuper fez uma interpretação da visão de mundo kafkiana, fragmentada e desesperada, e seu traço expressionista (lembrando a xilogravira) realça o tom sombrio e o humor negro das histórias.

A arte de Kuper leva o leitor a uma imersão angustiante na obra de Kafka, tornando seus pesadelos claustrofóbicos em realidade, dando rosto e voz a seus personagens torturados. Os contos de Desista!, todos curtos e de poucos parágrafos, são carregados das imagens desesperadas que se esperam encontrar em um conto do escritor. E Kuper consegue recriar equivalentes visuais das histórias ao mesmo tempo em que evita a armadilha da adaptação literal. O Kafka de Kuper é fiel, mas possui brilho próprio. E seu traço áspero e estilo expressionista dão vida nova aos atormentados personagens arquetípicos de Kafka, como o assassino e sua vítima, em “Um fratricídio”, ou o marinheiro desorientado de “O timoneiro”.

Kuper, como diz Jules Feiffer na introdução, faz “uma série de riffs, improvisações visuais sobre breves manifestações do velho mestre”. O resultado é uma obra ousada, que une o isolamento angustiado de Franz Kafka com a arte ruidosa e estridente de Peter Kuper.

Os Autores:

Franz Kafka nasceu em Praga, em 1883. Se formou em direito e trabalhou durante catorze anos em uma empresa semi-estatal de seguros. Embora a escrita fosse seu único interesse, ela nunca serviu para pagar as contas. Publicou poucas de suas histórias em vida, antes de morrer de tuberculose aos 40 anos, em 1924. Max Brod, grande amigo de Kafka, ignorou o pedido para que os manuscritos fossem queimados após sua morte, e começou a editar e publicar o trabalho no mesmo ano em que ele morreu.

Peter Kuper nasceu em Cleveland, nos EUA, em 1958. Tornou-se conhecido ao assumir a série Spy vs. Spy na revista Mad após a aposentadoria do criador dos personagens, o cubano Antonio Prohías. Kuper é autor de várias obras de quadrinhos, incluindo uma adaptação de A Metamorfose, de Franz Kafka. Suas ilustrações aparecem regularmente no Times, no New York Times e na Business Week. Desde 2006 está morando com a mulher e a filha em Oaxaca, no México, para documentar a situação política local.

Anúncios

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: