MIS debate videoarte latino-americana

O Museu da Imagem e do Som de São Paulo (MIS) promove no dia 20 de setembro (sábado) a mesa redonda Geopolítica da Videoarte Latino-Americana, comandada pelos videoartistas Ximena Cuevas (do México), Ernesto Salmerón (da Nicarágua) e pelo curador e teórico Arlindo Machado (do Brasil). Uma parceria com o Cultural da Espanha/AECID, o bate-papo marca o lançamento do catálogo da mostra internacional “Videografías Invisibles”, que reúne trabalhos de Ximena Cuevas, Ernesto Salmeron e outros 39 videoartistas latino-americanos e está em cartaz no MIS até 5 de outubro. A entrada é gratuita.

Sobre os participantes da mesa redonda:

Ximena Cuevas: artista mexicana, estudou cinema na New School for Social Research na Universidade de Columbia, em Nova York (EUA). Entre 1980 e 1990, trabalhou em mais de vinte filmes, desempenhando diversas funções. Seus trabalhos se fixam no cotidiano, nas fronteiras entre realidade e ficção e em questões de identidade e gênero. Em 2001, o Museu de Arte Moderna, MoMA, de Nova York, adquiriu nove vídeos de Cuevas para sua coleção permanente. Exibida em festivais como o de Sundance (EUA) e o de Berlim (Alemanha), sua obra também integra o acervo do Centro Georges Pompidou, em Paris (França).

Ernesto Salmerón: formado em comunicação audiovisual pela Universidade de Cali, na Colômbia. Em 1996, começou a trabalhar com fotografia documental. Expôs em diversas mostras internacionais e venceu a 5ª edição da Bienal de Artes Visuais de Nicarágua, em 2005. Atuou como foto-jornalista em periódicos e revistas internacionais, como The Toronto Globe and Mail (Canadá) e Américas (EUA). Fundou o Ejército Videasta Latinoamericano (E.V.I.L.), onde produz vídeos e fotos documentais.

Arlindo Machado: doutor em comunicações e professor do programa de pós-graduação em comunicação e semiótica da PUC-SP e do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão da ECA-USP. Publicou, entre outras obras, “A Ilusão Especular” (ed. Brasiliense), “A Arte do Vídeo” (ed. Brasiliense), “A Televisão Levada a Sério” (ed. Senac). Trabalhou como crítico de fotografia e vídeo entre 1984 e 1986. Entre as curadorias que realizou, estão “Arte e Tecnologia” no MAC de São Paulo (1985), “Cinevídeo” no MIS de São Paulo (1982 e 1983) e “A Arte do Vídeo no Brasil” no MAM do Rio de Janeiro (1997). Participou do júri de festivais como Videobrasil em São Paulo e FórumBHZVídeo,  em Belo Horizonte. Recebeu o Prêmio Nacional de Fotografia da Funarte (1995) e o Prêmio Sergio Motta de Arte e Tecnologia em 2007.

SERVIÇO
Mesa Redonda Geopolítica da Videoarte Latino-americana
Local: Auditório LabMIS
Capacidade: 70 lugares
Entrada: Gratuita. Senhas serão distribuídas 60 minutos antes do início de cada sessão.
Data e horário: 20 setembro (sábado), às 17:00.
Museu da Imagem e do Som de São Paulo – MIS
Endereço: Avenida Europa, 158. Jardim Europa. São Paulo. Tel.: 11- 2117-4777
(O MIS conta com acesso e elevador para cadeirantes, ar condicionado e estacionamento cobrado – 25 vagas).

Anúncios

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: