Revelando os Brasis lança 40 vídeos nesta terça-feira

O lançamento dos vídeos da terceira edição do projeto será no Cine Odeon Petrobras, no Rio de Janeiro, a partir das 20h, com a presença dos diretores
A Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura, o Instituto Marlin Azul e a Petrobras promovem, nesta terça-feira, dia 21 de outubro, às 20h, no Odeon Petrobras, no Rio de Janeiro, o lançamento dos 40 vídeos realizados pelo Revelando os Brasis Ano III, programa de formação e de inclusão audiovisuais que viabiliza a produção de vídeos digitais nas pequenas cidades brasileiras. Todas as obras foram realizadas por moradores de municípios com até 20 mil habitantes. O evento é aberto ao público.
Os 40 diretores participantes da terceira edição do projeto estarão presentes no lançamento. Durante o evento, o público irá assistir a uma prévia do conteúdo dos sete DVDs do Revelando os Brasis Ano I. As caixas com os DVDs, que serão distribuídas gratuitamente entre organizações sociais e culturais de todo o País, trazem os vídeos da primeira edição, entrevistas com os realizadores, bastidores das gravações e o making of das exibições que o projeto realiza nas cidades participantes.
Os vídeos abordam temas como o das mulheres que fazem orações para que as pessoas reencontrem objetos furtados ou perdidos; e de um grupo de jovens artistas de Xapuri, no Acre, que transforma um espaço de opressão em um lugar para a reflexão. Essas histórias são contadas, respectivamente, nos vídeos “As Últimas Renponsadeiras”, de Patrik Camporez Mação, e “Arte na Ruína”, de Wagner San, que estão entre os 40 títulos produzidos no Revelando os Brasis Ano III. São16 ficções e 24 documentários realizados em todas as regiões do País.

Para produzir os vídeos, os diretores participaram de oficinas preparatórias de Introdução à Linguagem Audiovisual, Roteiro, Direção, Produção, Fotografia, Som, Edição, Direção de Arte, Mobilização, Direitos Autorais e Comunicação Colaborativa. Depois, eles retornaram a seus municípios para colocar em prática o aprendizado recebido, dando início à realização das obras, com o envolvimento da comunidade. Nessa fase, eles contaram com o apoio de uma produtora regional contratada pelo projeto.

Programa de TV
Entre os dias 20 e 26 de outubro, será iniciada a produção da série de televisão “Revelando os Brasis”, que o Canal Futura levará ao ar a partir de dezembro. Além dos vídeos, os programas, apresentados pelo ator Ernesto Piccolo, vão trazer entrevistas com os diretores e alguns personagens. Além da exibição no Canal Futura, os vídeos serão exibidos nas cidades dos realizadores, no primeiro semestre de 2009, através do Circuito de Exibição do Revelando os Brasis. As obras também serão disponibilizadas em DVD.
Dezoito Estados têm histórias selecionadas na terceira edição do Revelando os Brasis: Bahia (4 histórias), Minas Gerais (4), São Paulo (4), Acre (3), Paraná (3), Rio de Janeiro (3), Rio Grande do Norte (3), Ceará (2), Espírito Santo (2), Goiás (2), Paraíba (2), Pernambuco (2), Mato Grosso do Sul (1), Pará (1), Rondônia (1), Rio Grande do Sul (1), Santa Catarina (1) e Tocantins (1).
Revelando os Brasis Ano III em números
– 712 inscrições recebidas de todo o Brasil.
– 40 autores selecionados em 18 Estados.
– Bahia, Minas Gerais e São Paulo tiveram mais histórias selecionadas (4), seguidos de:
Acre, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte (3);
Ceará, Espírito Santo, Goiás, Paraíba, Pernambuco (2);
Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Tocantins (1).
– Somente moradores de municípios com até 20 mil habitantes participam do projeto.
– Dos 5.568 municípios brasileiros, 4.006 têm até 20 mil habitantes (IBGE: 2008).
Os vídeos
Caminho de Feira, de Abimael Borges dos Santos (Sátiro Dias – BA)
Paixão e Alegria, Adner de Almeida Sena (Coimbra – MG)
A Dois Passos do Paraíso, Alan Russel Waine Gontijo (Miracema do Tocantins – TO)
Guaranésia – Os Irmãos Masotti e o Cinema – Alberto Cláudio Emiliano – (Guaranésia – MG)
Há Flores Que Murcham – Antônio Galdino da Silva Filho – (Serrinha dos Pintos – RN)
Engenho Novo – Carlos Rodrigues Sandim – (Jaraguari – MS)
Passarelas: Uma História de Carnaval – Charles Deodato do Nascimento – (Casinhas – PE)
Triunfo, o Início de uma Tradição – Daniel Ignácio Silva – (Santa Maria Madalena – RJ)
Sou Teu Maninho! Um Grito Marajoara – Daniel Vieira Corrêa – (Chaves – PA)
Do Voto no Saco do Rei da Bala Chita à Urna Que Tem Feição, Mas Não Proseia –  Deise de Araújo Rocha – (Colorado D´Oeste – RO)
Jardim de Plástico – Delmar Alves de Araújo – (Lençóis – BA)
Dona Joana: Seus Ternos e Danças – Djenane Ferreira da Silva Correia – (Água Fria – BA)
Seu Nome Era Brasília – Duplanir de Souza Filho – (Brasiléia – AC)
A Força de um Grito – Edson Silva de Jesus – (Sapeaçu – BA)
Cachorro-Quente Vodu – Elano Ribeiro Baptista – (Mendes – RJ)
Uma Banda em Nossas Vidas – Eliane Maria Vieira – (Rio Pomba – MG)
Minha Arte é Vida Após a Morte – Enaldo André Zanbon – (Venda Nova do Imigrante – ES)
O Jegue, Patrimônio Cultural do Nordeste – Fernanda Dourado Moitinho – (Tibau do Sul – RN)
Retratando Minha Vida – Fleury da Silva de Almeida – (Araguapaz – GO)
Três Coveiros – Francisco José Flor – (Guaramiranga – CE)
O Barbeiro de São Pedro da União – Francisco Tadeu Pereira – (São Pedro da União – MG)
O Baque da Zabumba Centenária Contra o Tic-Tac do Tempo – Genaldo de Souza Barros – (Iati – PE)
A Professora em uma Comunidade Alemã – Irene Rios da Silva – (São Pedro de Alcântara – SC)
O Grande Rio Thermal – Joeli Vaz do Nascimento – (Rio Quente – GO)
Talhado – José Aderivaldo Silva da Nóbrega – (Santa Luzia – PB)
Taipa no Estado de São Paulo – Lia Marcia de Alcântara Marinho – (Iporanga – SP)
Photographos – Cima da Serra – Liane de Oliveira Castilhos – (Cambará do Sul – RS)
Tico FC – Marcos Peretti de Albuquerque Maranhão – (Porto Amazonas – PR)
O Dono do Carnaval – Maria de Lourdes Scabine Lezo – (Taiaçu – SP)
O Paraíso da Maria – Maria José Estevam de Souza – (General Sampaio – CE)
Ibiri: Tua Boca Fala por Nós – Nilma Teixeira Accioli – (Iguaba Grande – RJ)
O Boi do Lixo – Odaí José Pereira da Silva – (Florânia – RN)
Passageiro 1219 – Patrícia Justino Martins da Silva – (Palestina – SP)
As Últimas Responsadeiras – Patrik Camporez Mação – (Vila Valério – ES)
Os Faxinais: Uma História de Luta e Amor à Terra – Priscila Ernst – (São João do Triunfo – PR)
Paraíso 1975 – Rafael Pereira Assumpção – (Bela Vista do Paraíso – PR)
O Circo Chegou – Thiago de Souza Santos – (Santa Gertrudes – SP)
Yube Nawa Aîbu (Mulher Jibóia Encantada) – Vandete Cerqueira Sereno Kaxinawá – (Marechal Thaumaturgo – AC)
Arte na Ruína – Wagner San – (Xapuri – AC)
Capa de Chuva – Zito Nunes de Siqueira Júnior – (Sumé – PB)

Anúncios

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: