Archive for the ‘Dança’ Tag

Sisudez e alegria, protesto e desbunde – cenas da formação da dança

Dentro do eixo curatorial Correntes Alternadas 68-2008, o Núcleo de Curadoria de Dança do CCSP preparou uma exposição com 49 fotografias e 14 vídeos que fazem parte do Acervo de Dança do Arquivo Multimeios do Centro Cultural São Paulo.

exibição de vídeos: das 14h às 21h
seta informações Terça a domingo, das 10h às 22h – Foyer e Passagens do CCSP
Aviso: no dia 26/10 (domingo), devido às eleições, a exposição estará fechada.

Anúncios

Cia. Danças 7 e a mesa e Pares na Galeria Olido

A Secretaria Municipal de Cultura promove, na Galeria Olido, a apresentação dos espetáculos 7 e a mesa, de 6 a 9 de dezembro, e Pares, de 13 a 16 de dezembro, com entrada franca. Ambos estrearam no Centro Cultural são Paulo, em 2003 e 1999, respectivamente, e agora estão de volta, remontados por Cláudia de Souza, da Cia. Danças. 7 e a Mesa tem como foco o jogo que surge da relação entre os intérpretes em cena e Pares introduz a pesquisa sobre o universo das danças de casais na linguagem desenvolvida pela Cia. Danças.

Sobre a Cia. Danças

Danças é o resultado de um processo iniciado em 1996 por Claudia de Souza, reunindo bailarinos de diversas formações e experiências profissionais com o objetivo de criar uma linguagem própria que respeitasse e utilizasse a individualidade do intérprete, absorvendo e transitando por outras técnicas corporais. Embasada na dança moderna (Técnica de Martha Graham), o Danças passou a investigar uma linguagem que partiu da fusão entre a dança moderna e a capoeira, expandindo-se para o universo das danças de casais, artes visuais, improvisação, teatro e outras mídias.

Para consolidar sua busca por uma identidade de um corpo dançante brasileiro, Claudia de Souza e o Danças, dentro de uma investigação em Dança Contemporânea, traz em cena o intérprete como um criador e transformador do movimento. O trabalho da Danças aproveita o resultado da articulação entre dança moderna, capoeira e dança social para compor espetáculos que falam do nosso tempo e registram elementos atávicos da cultura que nós, nossos corpos, testemunhamos e construímos.

Consolidando estes 11 anos de trabalho, Claudia de Souza remontou dois espetáculos do repertório da companhia que retratam diferentes épocas e características do seu trabalho. “Pares” (1999) que introduziu a pesquisa sobre o universo das danças de casais na linguagem desenvolvida pelo Danças e “7 e a Mesa” (2003) que tem como foco o jogo que surge da relação entre os intérpretes em cena. Estes dois espetáculos mostram a diversidade e riqueza do trabalho que Claudia de Souza desenvolve com sua companhia, fruto de uma pesquisa consistente dentro do cenário da Dança Contemporânea brasileira.

7 E A MESA – 2003
6 a 9 de dezembro
quinta a sábado, às 20h, e domingo, às 19h
Sete pessoas e uma mesa. Objeto-signo carregado de sentidos: mesa-lugar do conflito entre tramas, da instabilidade, do risco… Metáfora-lugar para o
jogo da vida, da lida. Neste trabalho, Claudia de Souza e a Cia. Danças aprofundam sua pesquisa articulando a dança moderna e a capoeira. Ora mantendo suas propriedades, ora justapondo-as ou, ainda, indicando padrões cinéticos híbridos, buscam novas gramáticas de movimentos. O jogo, motivo primordial presente na
capoeira, é tratado como tema poético-investigativo desde o nascimento do movimento, sua repetição e transformação nas relações com o outro, outro-corpo, outra-dança, outra-mesa, outro banco. O jogo é também estratégia para compor situações inesperadas de encontros e desencontros, acordos e desacordos, tensões e oscilações. “7 e a mesa” estreou em 2003 no CCSP.

Ficha técnica:
grupo: Cia. Danças
concepção, direção e coreografia: Claudia de Souza
elenco: Anabel Andrés, Claudia de Souza, Cristiana de Souza, Janaína Castro,
Junior Gonçalves, Ítalo Ramos e Kleber dos Santos
assistência: Cristiana de Souza
edição de trilha sonora: Gustavo Barbosa Lima
criação de luz: Ari Buccioni
figurino: Cia. Danças
cenografia: Ana Luisa Santoro
produção e administração: Yara Leite e Adriana Amorim
(60 min, 12 anos)

PARES – 1999
13 a 16 de dezembro
quinta a sábado, às 20h, e domingo, às 19h
“Pares” busca explorar o rico universo das danças casais. Não as ditas danças de salão de um modo geral, mas, sobretudo, aquelas danças pares, relativas a ritmos e festas das diversas regiões do país como o samba de gafieira, o baião, o xote e outras, dentro do contexto urbano. Dessa dinâmica emerge uma informação fundamental do modo como se desenvolveu o relacionamento afetivo na nossa cultura: a expressão através do contato do toque.

Pares foi montado em 1999 com o apoio Secretaria do Estado da Cultura através da atuação da coreógrafa no projeto de coreógrafa – residente da Oficina Cultural Oswald de Andrade. Sua estréia se deu em Junho/99 no Centro Cultural São Paulo, no evento Semanas de Dança, cumprindo uma temporada de
três semanas.

Ficha técnica:
grupo: Cia Danças
direção: Roberto Lage
concepção: Claudia de Souza e Roberto Lage
coreografia: Claudia de Souza
elenco: Anabel Andrés, Claudia de Souza, Cristiana de Souza, Janaína Castro,
Junior Gonçalves, Ítalo Ramos, Kleber dos Santos e Reinaldo Soares
pesquisa e textos: Anabel Andrés e Cláudia de Souza
projeto de iluminação: Ari Nagô
cenografia: Luiz Trigo
produção de trilha sonora: estúdio Veio Musical
(60min, 12 anos)

SERVIÇO:
Galeria Olido
Av. São João, 473 – Centro
Informações ao público: 3331.8399
Sala Paissandu (136 lugares)

7 e a mesa – 06 a 09/12
Pares – 13 a 16/12
60 min., 12 anos
quinta a sábado, às 20h, e domingo, às 19h
ingresso: entrada franca
bilheteria abre uma hora antes do espetáculo